Em pesquisa divulgada nesta terça-feira (19), a Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) divulgou a projeção para a produção de cana-de-açúcar em 2018. De acordo com o instituto,  a safra 2017/2018 deve chegar em 635,9 milhões de toneladas, com declínio de 3,3% em comparação com a temporada anterior.

A queda teria um motivo, a diminuição da área de plantio. Ainda de acordo com a pesquisa, a redução do espaço seria por conta da “Desistência e devolução de áreas de fornecedores que têm plantações distantes das unidades de produção, principalmente aquelas em que há dificuldade de mecanização”.

A produção de açúcar deve atingir 39,46 milhões de toneladas, um aumento de 0,2% em comparação à safra anterior. O etanol, no entanto, deve ter produção de 27 bilhões de litros, com a redução equivalente a 2,7% da produção total, ainda em comparação com a colheita anterior.

Justificando a diminuição da colheita para o próximo ano, as áreas de plantio da cana-de-açúcar devem sofrer queda em quatro das cinco regiões do Brasil, com a exceção do Centro-Oeste, que deve manter o mesmo número da atual temporada.  

A pesquisa da CONAB, que mostra a previsão da queda na produção da cana-de-açúcar, foi realizada entre 19 de novembro e 2 de dezembro e faz parte das quatro avaliações do ano-safra feitas pelo instituto.

LABOREMUS

Av. Dep. Raimundo Asfora, 3400
Distrito Industrial do Velame
Campina Grande - PB, Brasil
icone-email O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.  
(83) 3335 3555 +55 
(83) 3335-3555

International sales:
icone-email  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
INNOVER